Compartilhar:

Cobra nas alturas: uma serpente ataca gato e a outra vai parar na copa de árvore

Enfoque Triângulo | DDD034 | Da Redação | 15FEV2019 |

Cobra é capturada por Bombeiros | Crédito: Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar de Ituiutaba foi acionado na quinta-feira, 14, para resgatar duas cobras jiboias em áreas de convivência. As serpentes foram recolhidas e não chegaram a atacar ninguém, apesar da proximidade de curiosos.


A primeira captura foi realizada no Bairro Tupã, por volta das 17h. Segundo o solicitante, a mesma estava nas imediações de uma escola municipal, atacando um felino. Diante do risco, os bombeiros deslocaram de imediato até local e impediram que o gato fosse deglutido.


A segunda, no Bairro Marcondes, foi capturada por volta das 19:30h, em cima de uma árvore, provocando espanto em muitas pessoas dado a capacidade de escalamento do bicho. 

Cobra foi parar no alto da árvore | Crédito: Bombeiros

Tal display pode ser explicado devido ao excelente alpinismo das jiboias, que sobem nas árvores segurando-se em galhos com o rabo. O réptil pode passar várias semanas sem comer, esperando uma presa. Elas são cobras ativas durante o período noturno.

O Corpo de Bombeiros alerta que a espécie em questão não possui veneno, e só irá atacar se sentir que está ameaçada, uma vez que é pacífica. As pessoas não devem tentar matá-las, pois são importantes para a cadeia alimentar. A jiboia vive até 30 anos e pode chegar a 4 metros e pesar 40 quilos.


A população deve acionar a corporação via 193 para que a captura seja realizada de modo seguro, pois apesar do alerta, acidentes com serpentes podem ocorrer, já que são cobras extremamente fortes, e que matam por constrição, ou seja, por estrangulamento.


As serpentes citadas na ocorrência foram soltas em uma reserva de mata, longe do perímetro urbano de Ituiutaba, preservando a vida do bicho silvestre e evitando possíveis acidentes com animais e crianças.