Quem somos

Atualize-se

história

 Este é o portal de notícias Enfoque Triângulo, seja bem-vindo. Desde já ficamos muito gratos pelo prestígio de tê-lo por aqui. De cara, a gente quer dizer que nossa pretensão é a de informar e levar pautas cotidianas com aquele “algo a mais” e trazer enfoques nem tão comuns assim. Nossa busca é pautar o conteúdo na originalidade como princípio, na notícia apurada, na verdade exposta sob a segurança da liberdade de expressão, perseguindo as premissas do jornalismo moderno:

  • Compromisso com a verdade
  • Senso de responsabilidade pelo que é publicado
  • Espírito “missionário” de educar a sociedade
  • Capacidade de liderança
  • Admitir os próprios erros
  • Equidade, tolerância e senso de justiça
  • Respeitar e honrar as palavras

 É preciso destacar que a caminhada até aqui foi longa e as ideias aperfeiçoadas oscilaram entre o rebuscado e o simplezão de tudo, até que a maturação nos trouxe pruma harmonia equalizada dentro dum contexto mutante, em movimento. Estamos em estado beta. 

 Lá atrás no início, a empreitada na comunicação foi a de informar há pouco mais de dez anos por meio de sites primários – por volta de 2005, 2006 – em projetos autorais que buscavam fugir do convencional. Simples, mas não comum. Foram ensaios modestos, necessários e até mesmo inspiradores que trouxeram lições valiosas.

 Também no rádio o germe da notícia esteve presente durante um tempo considerável, variando entre os formatos engessado e a descontraído, informal. Foram idas e vindas de um conceito forte, mas que precisava de musculatura para seguir.

 Entre os anos 2009, 2010, 2011 – dessa vez no formato impresso -, foi com o Jornal In Loco que a estatura profissional veio, cuja trabalhosa logística fez o projeto já consolidado em 2013 ser temporariamente suspenso. Ali, algo encorpado e de substância nasceu.

 O impresso de oito páginas totalmente coloridas, com circulação religiosa às segundas, em cinco cidades do Pontal do Triângulo Mineiro e zona rural da região de Ituiutaba e Capinópolis, com identidade visual e posicionamento diferenciados, teve suas edições paralisadas por conta da revolução causada pela digitalização massiva da informação. Um jornal impresso que segue todos os ritos da confecção clássica tornou-se economicamente insustentável. Sabemos disso com propriedade após a feitura de muitas edições de vigor à toda prova.

 A leitura impressa está aí firme, longe de ficar obsoleta, entretanto, não na mesma intensidade de meia década atrás e, lamentavelmente, não faltam casos de grandes jornais que encolhem e encerram atividades Brasil afora, idem revistas de grande circulação entre outras formas de periódicos que se utilizam da invenção de Gutenberg, o inventor da prensa lá por volta do ano 1400.

 Talvez um sinal dos tempos, mas o certo é que a imprensa está num processo de reinvenção dolorosa, cruel, sem volta. Foi assim com o rádio ao passo da popularização da televisão, da WEB e as emissoras on-line e dos aplicativos mobile. É uma evolução forjada por uma revolução que, entre mortos e feridos, os melhores seguem se reinventando, fortalecendo-se ainda que lambendo suas feridas num constante desejo de avançar rumo a um tipo de upgrade imposto de tempos em tempos. É vida que segue.

 Isto posto, declaramos que somos uma melhoria genética do revolucionário Jornal In Loco (concorrentes das antigas fizeram face-lift e modernização de linguagem a fim de não ficar pra trás, influenciados pelo conceito); o spin-off, a substituição aos exemplares impressos – que podem voltar eventualmente em ocasiões especiais, isso se ainda existir gráficas acessíveis até lá – e que objetiva fazer jus ao diferenciado e próspero Triângulo Mineiro e adjacências.

 

 “Vive-se hoje em plena mobilidade, somos instantâneos e queremos informação em qualquer lugar a todo instante que mostrem o maior número de possibilidades por intermédio das opiniões e nuances disponíveis no meio. É a época mais rica que o jornalismo já viveu e tem espaço pra muito mais aperfeiçoamento.”

 

Eder Divino, redator
Jornalista Responsável – Reg. MTB 0018579/MG.